Menu

UFC SP: Capítulo 3 - Top 5 entradas

11 de Outubro de 2017

Cada lutador tem seus próprios rituais nos momentos que antecedem suas lutas. Uns preferem ficar concentrados, em silêncio, pensando somente no adversário; outros preferem descontrair, deixar o nervosismo de lado. Alguns ouvem músicas pesadas para entrar no clima do combate; outros, músicas lentas para relaxar a mente. Certo é que, para todos, a caminhada até o octógono é um momento bastante marcante, que costuma revelar muito do que se passa na cabeça dos atletas.

Mais UFC SP: Lineker espera show em SPTop 5 encaradasWerdum comenta treinos de Lyoto | Top 5 comemorações | Colby promete "aposentar" Demian | Garanta seu ingresso | Card completo

Em clima de UFC São Paulo, evento que acontece no próximo dia 28 de outubro, vamos fazer uma retrospectiva em cinco capítulos de momentos que marcaram as edições anteriores do Ultimate na capital paulista. Hoje, é dia de relembrar as cinco melhores entradas.

Lista em ordem cronológica.

Janeiro de 2013 - Vitor Belfort x Michael Bisping

Não importa quantos anos de experiência você tenha, às vezes o frio na barriga antes de uma luta nunca deixará de existir. Quando enfrentou Michael Bisping no UFC SP em 2013, o sempre espirituoso Vitor Belfort entrou falando muito consigo mesmo, respirando fundo e exalando concentração para o duelo que venceria com um nocaute espetacular poucos minutos depois.

Maio de 2014 - Paulo Thiago x Gasan Umalatov

Membro do Batalhão de Operações Especiais da polícia militar de Brasília, o BOPE, Paulo Thiago sempre demonstrou muita seriedade em suas lutas e, na marcha até o octógono do UFC São Paulo de 2014, não mudou de semblante uma vez sequer.

Maio de 2014 - Stipe Miocic x Fabio Maldonado

Um dos atletas mais carismáticos que já passaram pelo octógono, Maldonado aceitou a dura tarefa de substituir Junior Cigano de última hora na luta principal do UFC SP de 2014, e teve seu esforço reconhecido pelo público. O “Caipira de Aço”, nascido no estado de São Paulo, foi recebido calorosamente pelos fãs em sua entrada no octógono.

Novembro de 2015 - Alex Oliveira x Piotr Hallmann

“Nervosismo” não é uma palavra existente no dicionário de Alex Cowboy. Sempre com um sorriso no rosto, o carioca fez a caminhada ao octógono parando para cumprimentar todos os fãs e mostrando todo seu gingado para delírio do público paulistano.

Novembro de 2016 - Claudia Gadelha x Cortney Casey

Vindo de derrota em revanche pelo cinturão peso-palha para Joanna Jedrzejczyk, Claudinha Gadelha estava ansiosa para deixar o revés no passado e seguir em frente com sua carreira, e mostrou isso logo na entrada para o duelo com Cortney Casey, quando correu em direção ao octógono com a mesma empolgação e intensidade que lhe deram a vitória por decisão unânime naquela noite.

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Baixe o aplicativo do UFC